domingo, 7 de abril de 2013

Membrana plasmática e Citoplasma [capítulo 7 parte II] BIOLOGIA

Envoltórios externos à membrana plasmática =>

Glicocálix: é uma camada externa à membrana, presente em células animais, uma malha de moléculas filamentosas entrelaçadas que envolve a membrana, protegendo-a.

Parede celulósicaum envoltório externo, espesso e relativamente rígido. Presente em células de fungos, bactérias, algas e plantas.

Permeabilidade seletiva => capacidade de selecionar o que entra e sai da célula. Aplicada a membrana plasmática.

Difusão Simples => Passagem espontânea de substâncias através da membrana plasmática devido ao fato de a membrana ser permeável a essas substâncias e de haver diferença na concentração delas dentro e fora da célula.

Difusão facilitada => Transporte passivo de moléculas para dentro e para fora da célula com participação de proteínas transportadoras, componentes da membrana plasmática.

Osmose: É um caso especial de difusão em que apenas a água se difunde  através de uma membrana semipermeável (permeável ao solvente e impermeável aos solutos) que separa soluções de concentrações diferentes.

Endocitose
=> Processo em que a membrana plasmática forma 
dobras da membrana celular para o interior da célula (invaginações), englobando partículas do meio, que ficam contidas em bolsas membranosas. (endossomos).



Fagocitose e Pinocitose!
Fagocitose => processo de endocitose. célula emite expansões citoplasmáticas, que "abraçam" a partícula a ser englobada, envolvendo-a totalmente em uma bolsa membranosa, a fagossomo****

Pinocitose => Processo de englobamento de líquidos e de pequenas partículas em que a membranaplasmática se aprofunda no citoplasma e forma um canal que se estrangula nas bordas, liberando no interior da célula pequenas vesículas membranosas, os pinossomos****


Exocitose => Processo em que bolsas presentes no interior da célula se fundem à membrana plasmática e eliminam seu conteúdo para o meio externo.

Retículo endoplasmático => Vasta rede de tubos e bolsas membranosas que preenche grande parte do citoplasma das células eucarióticas; divide-se em: granuloso e não-granuloso (liso). Diferença do granuloso para o liso ===>>> granuloso apresenta ribossomos e o liso não apresenta ribossomos. Função principal = Produção de proteínas celulares e síntese de ácidos graxos.

Complexo Golgiense => Conjunto de 6 a 20 bolsas membranosas citoplasmáticas achatadas, empilhadas umas sobre as outras, no qual proteínas são modificadas pela adição de glicídios, separados, "empacotadas" em bolsas membranosas para ser enviadas aos locais em que atuarão. Também responsável pela síntese de carboidratos. Função principal = Síntese de carboidratos, recebe proteínas do retículo granuloso e libera o conteúdo protéico.

Lisossomos => Bolsa membranosa citoplasmática  repleta de enzimas digestivas, capazes de digerir grande variedade de substâncias orgânicas; é responsável pela digestão intracelular.


  • Função heterofágica => (do grego hetero, diferente, e fagos, comer) dos lisossomos refere-se à digestão  de substâncias provenientes de fora da célula, capturadas por fagocitose ou por pinocitose.  Nesse caso, lisossomos primários fundem-se a fagossomos ou a pinossomos, originando lisossomos secundários (ou vacúolos difestórios),  nos quais ocorre a digestão das substâncias capturadas.


  • Função autofágica => (do grego autos, próprio, e phagein, comer) dos lisossomos  refere-se à digestão de materiais ou partes da própria célula.  No processo de digestão autofágica, uma estrutura celular é envolvida por membranas do retículo e, por fim, fica contida em uma  bolsa membranosa que a isola do citosol.  Essa bolsa, o     autofasossomo, une-se aos lisossomos primários, originando lisossomos segundários, neste caso  chamados de vácuolos autofágicos. Principal função = Digerir partes desgastadas da própria célula.
          Uma   célula ocorre à autofagia  quando é privada de alimento ou como forma de eliminar partes desgastadas pelo uso, com reaproveitamento de alguns componentes. Células nervosas do cérebro, por exemplo, formam-se  na fase embrionária e não são substituídas; entretanto, todos os seus componentes (exceto os genes) são reciclados a cada mês. Em uma célula do fígado, ocorre reciclagem completa dos componentes não-genéticos  a cada semana.  A  autofagia é um processo vital  importante, por  meio do qual as células mantém sua "juventude".  


Peroxissomos => Bolsa membranosa citoplasmática que contém diversos tipos de oxidases, enzimas que utilizam gás oxigênio (O2) para oxidar substâncias orgânicas; sua principal função é a oxidação de ácidos graxos, que serão utilizados para a síntese de colesterol e de outros compostos importantes.

Mitocôndrias => Organela citoplasmática presente em praticamente todas as células eucarióticas;  em seu interior ocorre a respiração celular processo de obtenção de energia utilizado pela maioria dos seres vivos.

Peroxissomos e mitocôndrias tem uma função básica comum => respiração celular

Plastos =>  Organela citoplasmática presente apenas em células de plantas e de algas.  Os plastos podem  ser de três tipos básicos; incolores, chamados leucoplastos; amarelos ou vermelhos, chamados  cromoplastos; verdes,  conhecidos como cloropastos. Função principal = Armazenar amido, substâncias. 

Centríolos => Pequeno cilindro oco construído por nove conjuntos de três microtúbulos, mantidos juntos por proteínas adesivas. Centríolos estão presentes aos pares na maioria das células eucarióticas, com exceção dos fungos e das plantas. Função principal = autoduplicação com intenção de romper o núcleo.

Um comentário: